Sherilyn Fenn fala sobre Johnny a The Big Issue – 27/09/17

A estrela de Twin Peaks Sherilyn Fenn falou sobre sexualidade, atitudes de Hollywood com as mulheres – e seu “primeiro amor” Johnny Depp, para The Big Issue, em 27/09/2017.

Sobre Johnny, ela disse:

“A primeira grande coisa em que atuei foi Cheers – e meu primeiro amor, o jovem Johnny Depp, estava esperando fora da porta”, ela diz na entrevista da semana, Letter to My Younger Self.

“Eu tive que caminhar e dizer três linhas e depois sair. Meu corpo estava tremendo. Eu só queria correr de volta aos braços do meu namorado e fugir.
“Nós éramos tão jovens. Eu conheci ele quando tinha 19 anos e ele tinha 21 anos. Nós saímos por dois anos e meio quando estávamos começando no negócio.

“Ele foi muito doce. Ele foi meu primeiro amor. A conexão era forte – cozinhar refeições, sair, rir e chorar. Eu o conheço como um ser humano e não como uma estrela de cinema “.

Fonte

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK
Amigos  ·  Filmes  ·  Platoon

Nova (velha) foto de Platoon

Divulgadas novas (velhas) fotos de Platoon na página do Facebook do documentário que está sendo produzido em comemoração aos 30 anos do filme. Platoon: 30 Documentary: LINK Com Johnny Depp e Charlie Sheen.

Mais detalhes sobre o documentário veja >>> Neste post

É fácil ver como estes dois se tornaram grandes estrelas de cinema.
Easy to see how these two became major movie stars.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Johnny e suas camisetas

Johnny adora usar camisetas com homenagens ou mensagens com destino certo. E sempre chama a atenção!
Desta vez foi a camiseta com Hunter Thompson que ele usou durante as filmagens de Richard Says Goodbay, e que apareceu em uma foto dele com um dos cães que fazem parte do filme.

A estrela de cinema de Hollywood Johnny Depp foi recentemente vista com uma camiseta de Hunter S. Thompson da loja Westcoastees de Duncan.

Jayson Ward, que é dono da loja de camisetas localizada em – 6961 Trans-Canada Hwy #5, Duncan, BC V9L 5T5, Canadá, juntamente com Maria Midgley, disse que um amigo estava trabalhando no set do próximo filme de Depp, Richard Says Goodbye, em Vancouver e decidiu presenteá-lo com uma T-shirt de Hunter S. Thompson da loja.

Depp interpretou o escritor gonzo Thompson no filme de 1998 Fear and Loathing em Las Vegas e os dois homens permaneceram amigos até a morte de Thompson em 2005.

“Alguém tirou uma foto de Depp vestindo a camiseta e apareceu em um Instagram”, disse Ward.

“Ela acabou de sair daqui. É da nossa popular linha “Strange Company” que inclui figuras literárias e personagens históricos famosos “.

Tradução e Adaptação Depp Lovers.
Fonte

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK
Amigos  ·  Filmes  ·  Johnny Depp  ·  Platoon

Documentário sobre os 30 anos de Platoon

Vem aí um documentário sobre Platoon e seus 30 anos. E Johnny estará nele.
A reunião que aconteceu na casa de Johnny em 16 de julho com o elenco do filme têm relação com esse projeto.

“Charlie Sheen narra como o elenco e a equipe compartilharam suas experiências pessoais fazendo o filme vencedor do Prêmio da Academia, Platoon. Este filme independente e de baixo orçamento foi lançado quase que exclusivamente com atores jovens e desconhecidos que fazem seu primeiro filme. Juntos, eles compartilham suas experiência no esgotante campo de treinamento, o estilo de direção “único” de Oliver Stone e as condições de filmagem brutais que juntos forjaram sua eterna irmandade.”

Fonte/Source

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Abraços, abraços e mais abraços

Johnny é sempre tão carinhoso e atencioso com seus fãs, sempre deixa transparecer algo que nos marca muito, uma das suas grandes atitudes são os seus abraços que sem dúvida é o presente mais lindo que uma fã sonha em ganhar desse ídolo tão incrível…
Logo mais está uma declaração de Denise Pearson, uma fã que faz cosplay do Capitão Jack (que particularmente achei fantástico), ela se encontrou com Johnny no último dia 25

“Não posso explicar, mas este abraço não foi de um ator, de uma celebridade, de alguém famoso, ou um rosto que enfeita as telas de computadores ou telefones celulares de todos os seus fãs. Foi um abraço de uma pessoa genuína. Foi um abraço de alguém que não se vê há anos, a acabamos de tropeçar um no outro”

I can’t explain it but this hug was not from an actor, from a celebrity, from someone famous, or a face who graces the screens of computers or cell phones of all his fans. it was a hug from a genuine person. It was more a hug from a friend I had not seen in years and we just happened to bump into each other.

(Denise Pearson – Fã que esteve com JD em Vancouver)

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Johnny mais uma vez sendo carinhoso com sua fã

Johnny demonstra mais uma vez seu carinho pelos fãs.
Uma menina chamada Mya, de 14 anos, autista, escreveu uma música para Johnny e enviou a ele. Eis a resposta:

“Mya, estou profundamente comovido e muito tocado pela sua música. Você possui um talento sublime! Desejo a você cada sucesso. Você merece isso!
Todo o meu amor e respeito.
Obrigado.”

“MYA…
I am deeply moved and very touched by your song…
You possess a sublime talent! I wish you every success – You deserve it!
All my love and respect!
Thank you…”

Quem postou foi a mãe da menina.
Twitter: @jcd2909

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Pirates of the Caribbean 5 Bloopers – Bastidores

A EW divulgou este video com algumas cenas de bastidores de Piratas do Caribe 5 – A Vingança de Salazar

O capitão Jack Sparrow é experiente, mas ele não é tão experiente. Como todos os outros filmes da história de Hollywood, Pirates of the Caribbean: Dead Men Tell No Tales não chegaram à tela grande sem deixar sua parcela de cenas no chão da sala de corte, arruinadas pelos atores ou por acidente.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Ator Dominique Columbus divide tela com Johnny Depp em LAbyrinth

O jovem ator Dominique Columbus, mais conhecido por seu trabalho na série de TV “Ray Donovan”, está no elenco de LAbyrinth. Em entrevista recente para rolling out, ele falou sobre trabalhar com Johnny:

“Eu e o Johnny (enquanto estávamos filmando) uma de nossas cenas, tivemos várias conversas curtas. Uma das grandes características sobre Johnny é que (ele lidera) por exemplo ao meu ver por causa do jeito dele de tratar todo mundo com respeito e amor, não tinha ego nenhum. Isso É o que pessoas desse nível devem fazer. Você deve inspirar outras pessoas, e não ter um ego grande ou maltratar os outros.”

Fonte/Source

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Ryan Adams fala sobre Johnny Depp, como o conheceu e parcerias na música

Ryam Adams postou um relato sobre Johnny Depp em seu Instagram, no dia do eclipse total (21/08) puxando o gancho para “No Shadow”, a música que Johnny compôs, tocou e fez vocal em seu álbum.
English original text >>> Instagram – @misterryanadams

“O eclipse me fez pensar na música que escrevi com Johnny.
Eu conheci Johnny Depp do nada em uma tarde, depois de ver um vídeo dele tocando guitarra. Fiquei abismado.
Sabia que ele deveria ser a pessoa no solo de “Kim” (e de fato tem uma versão de “Gimme Something Good” onde ele faz esse solo incrível).
Ele tem um estilo profundo de tocar guitarra. Como se todos os álbuns clássicos de rock se encontrassem de uma só vez em um engarrafamento. Ele toca guitarra da mesma forma que pinta. De maneira selvagem, com cores para todos os lados onde você se quer imaginaria pertencer.
Enfim, ele me ligou de volta e nos encontramos naquele dia e logo de cara eu senti como se estivesse com um parente perdido ha anos.
Um cara doce, engraçado, esquisito, nerd por livros e álbuns.
Era pra nós trabalharmos no solo de “Kim”, mas a primeira coisa que fizemos foi escrever essa música, “No Shadow”. Ele era muito próximo de Marlon Brando e coincidiu de eu ser obcecado com a atuação dele, especialmente o acervo mais antigo dele na Broadway.
Eu comprei uma foto de rosto antiga dele (Brando) que mantenho moldurada em minha parede desde que morava na cidade de Nova York.
Foi a primeira coisa que eu comprei no mercado de pulgas (Chelsea Flea Markets) que costumava ficar em uma garagem na 26ª (N/T: rua ou avenida).
Ainda a tenho comigo nos dias de hoje e foi a primeira coisa que vi quando acordei e compus “Love is hell”, e a primeira coisa que vi hoje (além das fotos de Carole Lombard, mas isso já é outra história).
Então nos sentamos próximo a minha máquina de escrever e sem saber nada dele ou sobre ele, nós escrevemos isso.
Liguei para @marshallvore para vir tocar bateria e @charliestavish se juntou ao som.
Essa foi a primeira vez que tocamos recém saído da máquina de escrever e é ele de verdade cantando comigo no final da canção. A voz dele é muito linda.
Aquela música caiu de forma certeira em nossos braços. Que lembrança!
O “Órgão de tubos Estes”, (N/T: instrumento antigo da década de 1800) tocado no final da música é um que eu tenho na “Avenida A com a rua 10″, onde eu aprendi a tocar piano.
Arrepiante e como um velho navio em meio ao nevoeiro… É uma das minhas canções favoritas já gravadas. Não existe nada melhor do que sentar e compor músicas com Johnny e não deu pra evitar pensar sobre isso nesse dia mágico. Vá ouvir se quiser. Está no iTunes.
Um feliz eclipse para todos e um salve aos bons amigos e momentos mágicos, fazendo coisas boas só por fazer.”
Tradução: Jay/DeppLovers

Johnny Depp e Ryan Adams em Londres

A música pode ser ouvida neste nosso fanvideo de 2015. É emocionante, a letra, o som da guitarra do Johnny e sua voz no final junto com a do Ryan.

— LETRA ORIGINAL — E Tradução Portugues: Read More

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Apresentando-me

Olá Depplovers!!

Sou a Irislene (ou somente Iris), a mais nova integrante da equipe DL já há alguns meses. Geralmente atuo no Instagram, mas vocês também vão me ver em outras áreas nas redes sociais do DL, Site DeppLovers e agora mais recentemente aqui no Blog!!
Espero que a gente se divirta muito por aqui e até o próximo post!

Super beijo!!
Iris

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK
Blog  ·  DL Site

Blog DeppLovers voltando

Olá pessoal!
O BlogDeppLovers esteve passando por uma fase de hiatus, mas estamos voltando com novidades e atualizações frequentes. Lembrando que as noticias sobre o trabalho do Johnny continuam (e nunca pararam) sendo postadas no Site DeppLovers e Forum DL e nossas redes sociais. Aqui teremos noticias sobre outras atividades informais sobre Johnny, textos livres, num vocabulário menos formal e divertido. Não perca e continue nos visitando!
Abraços,
Salete

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

Johnny e seu amor por “Withnail and I”

Repostando essa resenha oportunamente hoje que foi anunciado que Johnny irá apresentar sua escolha pessoal de filmes, exibidos durante a noite na quinta-feira 22 de junho de 2017 onde ele é o convidado de honra no drive-in cinema, Cineramageddon. Ele irá discutir suas seleções com o curador de Cineramageddon, Julien Temple. Cada uma das escolhas de Depp tem um significado especial para o ator:

THE LIBERTINE: “Este é um daqueles filmes que se perderam no shuffle. É um filme em que muita gente trabalhou muito, e que eu estou muito orgulhoso “.

WITHNAIL & I: “Nenhum filme já me fez rir tanto, ou me encheu de tanta alegria … e medo! Para mim, este é um cinema perfeito. Gênio.”

DEAD MAN: “O poema visual épico de Jim Jarmuch. É diferente de qualquer outra coisa. Um filme que significa muitas coisas diferentes para muitas pessoas diferentes”

Dito isto, vamos relembrar aqui o post que a Rosa Maria fez um ano atrás sobre “Withnail and I”:

Todas as pessoas que gostam de cinema têm seus filmes favoritos, é normal. Muitas sabem de cor as falas desses filmes, é normal. Mas e quando você consegue ganhar o roteiro original do seu filme favorito? E quando você consegue que o diretor do seu filme favorito venha dirigir o filme que você prometeu ao seu amigo que faria? E por acaso esse amigo fosse Hunter S.Thompson?

Só uma pessoa no mundo! Johnny Depp!

Sim, o filme “Withnail and I” (no Brasil recebeu o título de “Os desajustados”) é um dos filmes prediletos de Johnny. Naquela já histórica Coleção Essencial que ele elencou para a EW em 2009, ele repetia uma das frases do filme, dizendo:

Vamos lá rapazes, vamos chegar em casa, o céu está começando a escurecer e seremos forçados a acampar! Eu tenho um bastardo por trás dos olhos. Posso continuar? Nenhum outro filme tem suas falas tão citadas ou tem inspirado tanta fidelidade na cultura Cult. Provavelmente o mais engraçado que eu já vi! Bruce Robinson. Aqui está outro gênio. Literalmente um dos meus três filmes favoritos de todos os tempos.

withnail-and-i-poster

A história do filme se passa em Londres, 1969, com dois atores desempregados e desesperados, Withnail e Marwood (na verdade, ficamos sabendo que ele se chama Marwood nos créditos, pois ele é apenas “I”, durante todo o filme), passando fome, entre úmidas e frias pilhas de louça suja, num apartamento imundo, com traficantes loucos e irlandeses psicóticos. Eles então decidem deixar seu esquálido apartamento no Camden e passar umas férias idílicas na zona rural, no chalé do tio de Withnail, Monty. Mas quando chegam lá, chove sem parar, não há comida, e suas habilidades básicas de sobrevivência se mostram insuficientes. E tudo piora com a chegada do tio Monty, homossexual, e que se mostra interessado em Marwood, para seu desespero.

CLIQUE AQUI! Para continuar lendo.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK

As incontáveis verdades sobre Johnny Depp

Elizabeth Fickenscher resumiu algumas verdades sobre o Johnny para o site Looper.com LINK

Tradução: Mayla L. Caldeira/DeppLovers

Ao longo de uma carreira que se estende por mais de 30 anos, Johnny Depp interpretou alguns personagens bastante estranhos, em parte por causa da sua contínua colaboração com o diretor Tim Burton e em parte por ele simplesmente marchar por ritmo diferente de um baterista (ou talvez seja um instrumento do qual nunca ouvimos falar antes).

Apesar dele ter um relacionamento torturante com a fama, ele é um mestre em sua profissão e uma pessoa extremamente interessante. E mesmo depois de todos esses anos no centro das atenções, ainda há “incontáveis” fatos sobre o enigmático ator e músico.

ELE É APAIXONADO PELA LIBERDADE DE EXPRESSÃO NAS ARTES

Junto com vários outros socialmente conscientes artistas, Depp participou da campanha “Prisoned for Art” do Projeto Voz. Um grupo de defesa para o aumento de conscientização sobre artistas presos e apoia a liberdade de expressão. Peter Gabriel, Nadya Tolokonnikova (de Pussy Riot) e Tom Morello (anteriormente Rage Against the Machine e Audioslave) foram alguns dos outros ativistas que se juntaram a Depp, para retratar artistas que foram presos injustamente. Cada um aparecendo em retratos expressando-se em uma pessoa real , t-shirts foram feitas a partir de cada foto. Depp retratou Oleg Sentsov, um cineasta ucraniano que cumpre uma pena de 20 anos na Rússia.

Read More

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on VK