A fórmula de Barnabas Collins

O Barnabas Collins de Johnny Depp é uma volta aos vampiros do cinema das décadas de 20, 30 e 40 à telas atuais. Quando Johnny resolveu fazer “Sombras da Noite” ele não somente quis filmar uma série a qual adorava quando criança, mas também percebeu que no cinema moderno os vampiros estavam perdendo sua identidade, perdendo seu verdadeiro espírito de Príncipes da Noite, seu “glamour” dark.

Para montar seu personagem ele se inspirou em alguns dos maiores atores que já interpretaram vampiros nas telonas, além, é claro, de se manter fiel ao Barnabas Collins de Jonathan Frid.

Mas quem foram eles? Vou fazer um resuminho aqui de alguns dos principais atores que interpretaram divinamente O Conde Drácula e que com certeza inspiraram Johnny.

O primeiro deles foi Max Schreck ,que interpretou o Conde Orlok em ‘Nosferatu’ , 1922. Sua personificação do Príncipe das Sombras foi bem diferente do que a literatura descrevia na época. Seu Drácula foi bem grotesco, mais demoníaco do que humano, com garras longas,dentes afiados e muito assustador para a época. Para o cinema mudo, este filme foi considerado um clássico, mas houve uma disputa judicial por direitos autorais e suas cópias foram todas confiscadas e ordenadas para serem destruídas. Para a sorte do público, não foram totalmente, e em 1949 foram restauradas a partir de cinco únicas cópias preservadas e já temos ‘Nosferatu’ em DVD. Hoje ‘Nosferatu’ é considerado um filme Cult no cinema moderno. Eu adoro este filme, as expressões e a atuação de Max são inigualáveis. Podemos ver alguns gestos seus e as próprias garras no Barnabas de Johnny.

Bela Lugosi marcou definitivamente o personagem no imaginário popular com sua interpretação de falas bem marcadas com seu famoso sotaque húngaro “I am DRAA – CU – LAAHH” no filme “Dracula”, 1931. Ele foi o primeiro a imprimir no personagem um lado sedutor, sensual que envolvia as donzelas em sua capa longa, negra e as hipnotizava com seu olhar. Fisicamente o vampiro de Bela era elegante, com cabelos penteados para trás, barba sempre bem feita, gestos contidos e fala pausada. Sua fala mais famosa foi “I never drink…wine” ( “Eu nunca bebo… vinho.” ). Bela se tornou um ícone, mas infelizmente o personagem que lhe deu tanta fama também foi sua maldição, já que ninguém do cinema ou fora dele o associava a mais nada além de o Conde Drácula. Ele, assim como Lon chaney Jr e Boris Karloff, não suportou o declínio de sua carreira e se entregou a morfina. Mesmo em declínio, ele ainda participou de alguns filmes de Ed Wood, como podemos ver no filme de Tim e Johnny, com o próprio Ed muitas vezes bancando o seu vício. Ele morreu em 1956 e muitos dizem que foi enterrado com sua capa de Drácula, embora no site oficial de Bela Lugosi seu filho afirme que sua capa está guardada nos arquivos da família.

Outro ator muito importante foi Lon Chaney Jr. Ele foi o único ator de Hollywood que interpretou todos os principais monstros clássicos como Drácula, o Corcunda de Notre Dame e Frankenstein. Ele fez ‘O Filho do Conde Drácula’ em 1943, ao contrario do alemão Max Schreck, Lon interpretou um Drácula mais humano, dramático e mais conflituoso, afastando um pouco o lado demoníaco do ser. Muitos não aprovaram esta interpretação de Lon Chaney Jr dizendo que ficou muito humano e pouco monstruoso. Lon teve dificuldades de sobrevivência em sua carreira com o declínio da Universal na década de 40, assim como vários atores desta época e sucumbiu ao álcool e outros aditivos o que resultou em sua morte em 1973.

Christopher Lee foi, sem dúvida, o mais popular de todos os atores neste papel. Ele interpretou Drácula em uma série de filmes para a companhia Hammer, todos considerados clássicos do gênero. O primeiro deles foi em 1958 em “O Vampiro da Noite” (The Horror of Drácula). Sua interpretação foi majestosa. O Drácula de Christopher Lee tinha olhos penetrantes, postura altiva e um dos poucos que realmente mostravam suas presas (longos caninos) ao atacar suas vítimas. Para as platéias dos cinemas da época, este Drácula era assustador e foi a causa de muitos pesadelos.

Christopher Lee já atuou em vários filmes de Tim Burton como “Sleepy Hollow- a Lenda do Cavaleiro sem Cabeça”, “A Noiva Cadáver”, “Sweeney Todd- O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet” , “Alice no País das Maravilhas” e agora, faz um participação especial em “Sombras da Noite” atuando mais uma vez ao lado de Johnny.

Nesta parte da entrevista junto com Tim Burton à collider.com, Johnny fala como foi a construção de seu personagem e como Barnabas foi a sua rebelião contra os vampiros modernos.

Johnny, qual foi a chave para interpretar Barnabas Collins?

Depp: Existe algum tipo de fio entre todos estes personagens. A idéia deste cavalheiro muito elegante, de alto escalão, bem-educado que foi amaldiçoado no século 18 e é trazido de volta à era mais surreal época do nosso tempo – década de 1970, em 1972 – e como ele iria reagir às coisas e quão radicalmente diferentes as coisas eram, não apenas no que diz respeito à tecnologia e automóveis, mas os itens reais de prazer para as pessoas, como bichinhos de pelúcia, flores falsas, frutas de plástico, bonecas de troll, lâmpadas de lava e corujas de macramé. Estas eram minhas favoritas.

O que você acha das pessoas acharem vampiros tão tentadores?

Depp: É uma coisa estranha porque, quando criança, eu certamente tinha um fascínio com monstros e vampiros, assim como Tim. Há esta escuridão, este mistério, a intriga. E então, como você envelhece, você reconhece a natureza erótica do vampiro e a idéia do mortos-vivos. O que foi mais interessante, em termos de Barnabas, foi a combinação. Foi um verdadeiro desafio, provavelmente mais para Tim do que para mim, para fazer esse vampiro, que é claramente um vampiro se adaptando à essa sociedade estranha e esta família disfuncional, e eu acho que ele o fez inigualavelmente.

Johnny, o ator Chris Sarandon disse que sentia pena de você por ter que usar as unhas de vampiro, porque ele teve um momento tão duro quanto o seu quando ele fez ‘Fright Night’. Como foi para você ter que usá-las?

Depp: Há muitas razões para sentir pena de mim. Podemos passar por eles agora, ou nós podemos apenas nos abraçar depois. Podemos ter um grande abraço em grupo, e todos ficarmos gordurosos e estranhos. Em cada filme que eu tive sorte o suficiente em fazer com Tim, há sempre alguma forma de tortura. As unhas eram idéia do Tim. Elas eram a extensão dos dedos. Mas, foi tudo bem porque eu tinha uma equipe de pessoas que me ajudaram a ir ao banheiro. Eles tiveram que ter um tratamento sanitário mais tarde, mas eles estão bem agora. Isto é verdade.

O quanto da sua influência física para Barnabas veio de Jonathan Frid e também houve influencia de ‘Nosferatu’ ?

Depp: Aproximando de Barnabas, mesmo nos primeiros dias de tentativa de explorar as possibilidades do personagem, não importa onde você chegou em sua cabeça, se você tentou se desviar do personagem original de Jonathan Frid, era evidente para ambos Tim e eu que tinha de ser enraizado no Barnabas de Jonathan Frid . Tinha que ser somente. Era tão clássico, o monstro clássico, bem ao estilo da revista Fangoria. Em termos de que, quando Jonathan estava interpretando Barnabas, havia uma rigidez nele ele, como se ele tivesse as costas eretas e essa elegância que sempre esteve lá. Tim e eu conversamos previamente de que um vampiro deve se parecer com um vampiro. Foi uma rebelião contra os vampiros que se parecem com os modelos de cuecas. Houve um pouco de ‘Nosferatu’ lá, também.

OBS : Amanhã dia 23 haverá um grande encontro das DLs em São Paulo. Várias participantes do fórum de muitos lugares deste nosso Brasil, inclusive eu :), vamos nos reunir para assistir “Sombras da Noite” e estreitar nossos laços de amizade. Vai ser muito legal com certeza e fico feliz em participar deste Deppencontro. Através do Johnny nos conhecemos e dividimos algo muito preciso: admiração e amizade!
Para nossos leitores do Blog, fica a dica: Reúna seus amigos e vá assistir “Sombras da Noite”. Aguardem novidades deste super-Deppencontro 😉 .

26 thoughts on “A fórmula de Barnabas Collins

  1. Letícia sotero disse:

    Sério que ajudavam ele a ir no banheiro ? Deve ter sido meio estranho, sei lá kkk

  2. Nanda- disse:

    Adorei, adorei, adorei! Ficou demais esse presentinho pré-deppencontro! *–* Todas vampirescas amanhã, a Nina já ajudou com esse post maravilhoso! :3

  3. Roberta Michel disse:

    Vou assistir amanhã tbm, com meus amigos… 😉
    Aproveitem meninas… Pois teremos bastaaante assunto depois dessa! rsrs 😆
    Johnny de vampiro… #AmoMaisQueChocolate! ♥

  4. Barbie disse:

    Adorei esta informaçao….Amei o filme, e principalmente o meu vampiro lindo 😛

  5. Bea disse:

    Aaaaaaah que show Nina, adorei o post!
    Gente, Sombras da Noite é muito bom, assistam!!

  6. Lu.Moraes disse:

    O post só aumentou a vontade de ver esse vampiro…
    Nina valeu.Bom encontro lindas.

  7. helo disse:

    O filme é ótimo *-* amei

  8. Luiza Recco disse:

    Cada personagem tem sua peculiaridade, importância. No entanto, todos contribuíram de forma igual para a personaficação de Barnabás Collins para as telonas. Isso aumenta ainda mais minha curiosidade para conferir o filme! 😉

  9. Jaquee disse:

    Assistindo o filme fica tudo diferente. Ainda mais que eu tentei me distanciar o máximo de spoiler, não assisti quase nenhum vídeo, nem nada. O Barnabas do Johnny ficou realmente sensacional… Ficou parecendo com um vampiro de verdade kkk! Muito bom…
    By the way, o Deppencontro foi maravilhoso, e Dark Shadows também \o/

  10. Vieira disse:

    Muito bem feito esse post. De alguma maneira conseguiram transpassar pra cá uma perspectiva sobre o filme muito parecida com a minha. Embora, particularmente, ache que Lon Chaney e Frid foram suas mais notáveis influências. Esse filme chegou na hora certa. Colocou um degradê ao tema do vampiro feito pelas séries para os adolescentes e o clássico demônio que há tempos não era evidenciado. Espero que seja um filme tão bom quanto a ideia que Tim tentou transmitir. Gosto de alguns de seus trabalhos e espero que esse possa me surpreender.

  11. Alessandra disse:

    Ontem desfrutei de um sábado maravilhoso assistindo Sombras da Noite… pude reviver meus primeiros filmes de vampiro da infância, que verdadeiramente assombravam e traziam consigo um glamour intocável do cavalheiro perfeito dos sonhos românticos de menina… O post também está perfeito como sempre, fez uma leitura magnífica da interpretação de Johnny inspirada nos célebres atores do passado. Fico aqui torcendo para que haja uma continuidade de Sombras da Noite, que possamos desfrutar de outros momentos deliciosos pela interpretação belíssima de Johnny como vampiro Barnabas.

  12. Dora disse:

    Nossa eu to loca pra assistir esse filme, não vejo a hora.
    Concordo que os filmes de vampiros estão fracos ultimamente, acho que o Barnabas vai mudar isso pra valer.

    Amei seu blog

    Bjs

  13. Neliane disse:

    Ameiii o post. *-*
    O Johnny ficou realmente incrivel de vampiro, sua interpretação como sempre explendida, e essa parceria “Tim e Depp” me supreendendo cada vez mais. Eu simplesmente AMEIII o filme, assisti na estreia, e sinceramente superou minhas espectativas. E que venham muiitos outros !
    Beijos 😉

  14. Crystal disse:

    Vou assistir hoje a noite!!!
    Estou muito anciosa! Depois passo para contar minhas impressões.
    Achei o post maravilhoso. Sempre quis saber um pouco mais destes vampiros que inspiram inúmeras pessoas.
    Vampiros que se parecem com vampiros.

  15. Ninalee disse:

    Obrigada pelos elogios. Vi o filme e posso dizer que Johnny resgatou a nobreza e o lado lirico dos vampiros. Espero que, se houver outros filmes sobre vampiros, roteiristas, atores, diretores se inpirem em ” Sombras da Noite” .

  16. Ro disse:

    Texto irretocável.
    Relatou a profundidade com que Tim realiza seus filmes e o envolvimento emocional que sempre é o pontapé inicial de seus projetos.
    O resgate histórico está perfeito. Parabéns Nina.
    Que presente é esse blog que leva tão à sério e se aprofunda em cada assunto (sei o sacrifício que vocês fazem para resumir o tanto que vocês sabem apartir das pesquisas que realizam).
    Sobre o filme, até é covardia!
    Trata-se de Tim e Johnny…

  17. Ro disse:

    * a sério
    * a partir
    😉

  18. Jeeh disse:

    Faço minha as palavras da Ro. É tão incrível ver toda dedicação e trabalho de Tim e Johnny na preparação desses filmes. Fazendo-os para nós.
    E a Nina e Salete aqui, dedicando esse cantinho para compartilhar tudo isso conosco.
    Adorei o post Nina, parabéns!
    Eu disse e repito, esse entrou para a lista dos meus preferidos.

  19. CamilaD disse:

    Muito bom o post Nina! Johnny e TIM é sucesso garantido!
    Eles não brincam em serviço… são rígidos consigo mesmos e fazem um belo trabalho para todas nós! Que esses dois ainda façam muitos filmes juntos! =)

  20. Rosa Maria disse:

    Parabéns Nina! O post resgatou e atualizou esse mundo tão particular desses seres imortais, os vampiros! O Barnabás de Johnny e Tim trouxe de volta o vampiro elegante, sedutor, torturado e irresistível!! Um clássico, pensado nos mínimos detalhes, dos figurinos aos cenários, do roteiro à trilha sonora! Amei Dark Shadows!
    Barnabás já é um dos personagens inesquecíveis de Johnny!

  21. Lu disse:

    Ahh adorei! Eu não vi muitos desses filmes pq era mais nova e tinha medo! Nem o Dracula de Bram Stoker eu vi haha lembro q queria ver, tava até em Santos, mas minha mãe me proibiu. Chegou lá tinha um bebê na sala de cinema!
    Só vi mesmo “Entrevista com o Vampiro”, dos clássicos! 🙂

  22. Tayssa disse:

    kkkkkk.. banheiro e modelos de cuecas .adoro Johnny.

  23. Malu Depp disse:

    Amei! Ele (como sempre) tá LINDO! Até de vampiro! 😳

  24. bruna disse:

    Olha pra dizer a verdade eu gostei dassa entrevista com depp falando sobre o personagem barnabas collins 😉

  25. bruna disse:

    Aiiii o johnny ate de vampiro ele fica bonito eu assiste o filme dark shadows umas vinte vezes e eu achei impressionante muito divertido eo trabalho de depp e tim nesse filme foi ótimo eu adorei adorei todo o elenco principalmente helena que tava linda nesse filme eu amei beijos para 😉 todos

  26. bruna disse:

    O barnabas collins de johnny depp ficou ate que um pouquinho assaustador mas eu goste.e eu não acredito que ate pra ir no banheiro ele precisava de ajuda mas como ele disse que ja tudo bem sem problemas agora. Um abraço prara todos nesse blog 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

«
»