Através da janela

jan 9 • by Adriana • 30 CommentsA Janela Secreta, Filmes, Resenhas

Qual ator aceitaria um papel onde ele passa a maior parte do filme dentro de um chalé à beira de um lago fazendo absolutamente nada? Johnny Depp escolheu este papel para fazer meses depois do lançamento do eletrizante Piratas do Caribe! Mais uma pergunta: Qual tipo de audiência iria pagar para ver um filme onde o ator passa a maior parte do tempo fazendo absolutamente nada? Nós! Fiéis escudeiras de Johnny Depp! …rs

O filme “A Janela Secreta” é uma adaptação do diretor David Koepp para o romance de Stephen King “ Secret Window, Secret Garden”.
David Koepp tem em seu extenso currículo de roteirista sucessos como “Jurassic Park”, “Missão Impossível” e o último filme de Indiana Jones.
Stephen King é um entre os mais famosos e bem sucedidos escritores de suspense/terror americano. Ele escreveu “Carrie”, “ O iluminado”, “ O cemitério maldito” entre vários outros que se tornaram filmes e até inspiraram séries de TV como “Arquivo X”.

A história de “A Janela Secreta” gira em torno do cotidiano de Mort Rainey, um escritor de best-sellers que sofre um bloqueio intelectual devido à recente separação no casamento. O que Mort não sabia era que alguém um dia iria bater à sua porta, o acusar de plágio e, consequentemente tornar sua vida um inferno.
Mort passa a maioria do seu tempo deitado em um sofá, vestindo um robe de banho velho e dormindo. A princípio esta inatividade do personagem foi o que atraiu Johnny.

“ Quando você está com você mesmo, é um grande desafio. Você não está reagindo, o que na maioria das vezes é atuar, você apenas tem que ser.” – Johnny Depp, 2004

ATENÇÃO: Este post contém spoiler do filme “A Janela Secreta”… se é que existe algum fã ainda não assistiu …rs

Através do espelho

O interessante deste filme é que somente os mais atentos vão notar que toda a história se passa através de um espelho que é mostrado logo na abertura do filme. A visão distorcida da realidade de Mort Rainey. A partir do espelho entramos na mente de Mort Rainey e deparamos com a sua dupla personalidade: Mort Rainey o escritor de best-sellers e John Shooter o escritor que quer a verdade de sua obra.

“Especialmente para um escritor, sua imaginação é sua melhor amiga, você a usa para criar; e o seu maior inimigo é sua imaginação, você é manipulado por muitas informações, muitos pensamentos, muitas coisas que acontecem dentro da sua mente. Mas ao mesmo tempo é o seu ganha pão.” Johnny Depp, sobre Mort Rainey.

Mostrar a história através do espelho sem deixar que nós espectadores percebamos foi uma grande sacada do diretor David Koepp. Porque podemos entrar na mente de Mort e ver como ele vê o mundo ao seu redor e, o mais interessante, como ele se vê. Podemos ouvir seus pensamentos e podemos sentir sua paranóia. Shooter é o verdadeiro escritor, aquele que não se compromete com o mercado que apenas quer ver a pureza de sua obra e é quem ameaça Mort ,o escritor best-seller, aquele que escreve o que o leitor quer ler.

Quando Shooter bate à sua porta, Mort inicialmente, não dá a mínima e diz que foi “um engano”, mas logo percebemos que ele começa a ter suas dúvidas e até começamos a duvidar se ele realmente plagiou a obra de Shooter ou não.

“Eu não te conheço”, diz Mort para Shooter que responde, “Mas eu te conheço muito bem”. Esta é a relação entre os dois. Mort nega a existência de Shooter, mas ao mesmo tempo quer que ele apareça para consertar sua vida. John Shooter quer o fim perfeito para sua história, e é isto que Mort quer também. O fim perfeito seria o fim de seus problemas domésticos. Mort é passivo diante da sua vida, mas Shooter é ativo e é isto que assusta e amedronta Mort: tomar uma atitude diante de seus problemas. Mort prefere deitar e dormir.

O chapéu

O chapéu do Shooter é um símbolo forte no filme. Mort o comprou quando ainda era casado e então, feliz com sua esposa. O chapéu é a única representação física de John Shooter na vida Mort, já que Shooter vive dentro de sua mente. Quando Mort destrói o banheiro de sua casa é porque ele viu o chapéu de Shooter pendurado, refletido no espelho e pensou que ele estivesse escondido no banheiro. “Eu acabei de matar um espelho…e o box do chuveiro”- rs. O espelho estilhaçado representa sua mente toda quebrada e dividida entre o trauma de ter encontrado sua esposa com outro, o divórcio, e ainda a ameaça do plágio.

O nome “Shooter”

Shooter ou “Shoot her”, cuja tradução seria “atire nela” é outro símbolo do desejo de Mort. Ele detesta sua ex-mulher que o traiu e não consegue superar isto. John Shooter então aparece para dar um fim na esposa de Mort.

No final quando Mort percebe que ele e Shooter são a mesma pessoa há a divisão das pessoas, a parede da casa se racha ao meio, e assim começamos a perceber que as duas personalidades se separam e Shooter domina Mort que fica totalmente confuso e submisso. Neste ponto, nós espectadores saímos da mente de Mort e começamos a ver a realidade a partir do ponto de vista de Amy, a ex-esposa. Quando ela chega à casa de Mort para o desfecho da história, se depara com a casa toda revirada, como se uma luta tivesse acontecido, o nome “Shooter” em todos os lugares e também vemos a relação entre o nome e o seu verdadeiro significado “ atire nela” e então, o filme nos pega de surpresa! Outra grande sacada de Koepp. Esta virada foi o que atraiu Johnny ao roteiro. Ele disse que quando acabou de ler o roteiro, voltou e releu inteiro porque não se conformava que não tinha percebido a trama toda!

“A Janela Secreta” é um suspense psicológico, o diretor não se preocupou em fazer cenas de horror, cheias de sangue, assassinatos, mas mostrou com grande sutileza como pode ser apavorante viver dentro de sua própria mente. Conviver com seus temores e deixar-se dominar por eles. O filme é cheio de detalhes, sutilezas que somente assistindo muitas vezes conseguimos captar tudo. Como por exemplo, na cena de abertura Mort está ao volante de seu carro, aqui já é o seu ponto vista então ele se lembra do frio, neve, as cores preto e cinza representando o seu estado de espírito e somente o nome “Motel” vermelho em destaque representando a traição de sua mulher.

Todo o mundo sob o ponto de vista de Mort é escuro como sombras, em contraste com o mundo dos outros personagens que é claro e ensolarado. É por isto que a designer Odette Gadoury fez o guarda roupa de Mort todo em tons térreos de marrons, cinzas e azuis que se desbotam e o paletó de John Shooter ela tingiu o pano preto com lama para dar o tom como se fosse uma sombra. Em contraste com os outros personagens que vestem cores claras e vibrantes. Johnny, como sempre, contribuiu muito para a construção do personagem. David Koepp disse que ele chegou com a imagem de como seria Mort Rainey já feita. Ele emprestou seus óculos Lemtosh que possuem um ar intelectual e logo de cara escolheu o robe de banho para passar o filme todo com ele como se fosse “o paninho de segurança”. Também colocou elementos pessoais na sala de estar de Mort como alguns artigos escritos por Hunter S. Thompson espalhados pela mesa e livros de seu interesse na prateleira.

Outro detalhe, quando Amy ou outra pessoa liga para Mort o telefone está em cima da mesinha como um telefone normal, mas quando John Shooter liga, o telefone está coberto pelo seu chapéu! Achei isto muito legal.

O uso do pronome na segunda pessoa “você” no lugar de “eu” quando Mort conversa consigo mesmo em seus pensamentos é outro lance inteligente de Koepp e representa sua voz interior como um personagem à parte.

O Doritos e o refrigerante na verdade só existem sob a perspectiva de Mort, na verdade Mort comia um monte de milho cozido e bebia whiskey como mostra no fim do filme.

A verdadeira “Janela Secreta” não é aquela da parede da casa e sim o espelho do início do filme que nada mais é do que a janela para o mundo de Mort. É por ela que assistimos todo o filme.

Bom minha gente, estas são as minhas conclusões depois de ver, rever, re-rever este filme até desbotar ….rs e também algumas partes técnicas que tirei dos depoimentos do diretor, equipe e atores. Vocês notaram algo mais?

Algumas outras curiosidades do filme:

– o cachorro Chico no romance “Secret Window, Secret Garden” é um gato, mas Stephen King pediu para Koepp mudar para um cachorro no filme por ter uma imagem mais forte para que a sua morte ficasse mais apelativa e chocante para o público.

– na cena em que Ted e Mort discutem na calçada, durante a filmagem um ônibus passa rente ao Johnny a toda velocidade. Este ônibus não era intencional, mas a reação de Johnny foi tão natural que o diretor decidiu manter a cena com o ônibus.

– o tique nervoso de abrir a boca e deslocar o maxilar, foi idéia de Johnny quando viu David Koepp fazer este gesto repetidas vezes devido a um problema de “bruxismo”.

– para a cena que Mort aparece confrontando a si mesmo, Johnny fez várias imitações nos ensaios como de Marlon Brando, Christopher Walken e Roman Polanski vejam no vídeo :

Dicionário Mort Rainey :

– “Cadê a pá do Mort?” para representar aqueles dias de fúria que queremos matar um!

– “Passei um dia de Mort.” para expressar que ficou o dia todo de pijamas velhos deitada no sofá.
– “Estou fazendo a dança do Snoopy” para dizer que está feliz de um modo sarcástico.
– “A única coisa que importa é o final.” quando algo não dá certo e você não quer aceitar.
– “Cabelo Mort.”, significa: cabelo despenteado.

E aqui está mais uma viagem ao mundo de mais um personagem psicopata charmoso de Johnny.


Cliquem nas fotos e vejam os videos para completar a viagem :) .

30 Responses to “Através da janela”

  1. Bem…O Mort foi quem me apresentou o Johnny,eu costumo dizer que “Janela secreta” foi um tiro na minha cabeça.assisti uma,duas,trés e mais umas duas vezes isso no mesmo dia, fiquei alucinada pelo talento do Johnny e isso eu já tinha assistido “O maldição do Pérola negra” + que tinha passado por mim como um filme de um pirata doido só isso…depois de “Janela secreta” tudo ficou pequeno para mim,queria saber,pesquisar, ler tudo sobre esse grande talento e esse ser humano maravilhoso que e o Johnny depp .
    Nina amei o post.

  2. Que ótimo post nina… Apesar de já saber desses pequenos detalhes,é sempre delicioso reler tudo isso!

  3. Esse filme dá um sono!!!! :mrgreen:
    Mas não pensem que é aquele sono de filme entendiante. Dá é vontade de se jogar naquele sofá também. :lol: E nunca mais pentear os cabelos…
    O filme inteiro tem close dele, é Deppterapia pura. Ou seria Deppsicose. :shock:

    Eu não tinha percebido essa história do espelho no começo do filme. Acho que toda vez que vejo vou direto à procura do sofá. kkk

    Que trabalho bem feito desse diretor. e do Johnny, claro. Outros dois talvez, fariam desse filme algo bem “apagado”,e sem graça.
    Parabéns Ninalee, quase não ha informações sobre esse filme e nem teve première, então, não foi fácil escrever sobre isto.

  4. Um dos filmes que mais gostei!
    Muito interessante esse confronto… e, sem dúvida, o mais difícil!
    Depois de assistir ao filme, fiquei com mais vontade ainda de comer “choclos”… rsrsrsrsrs
    Parabéns pelo post, Ninalee, boas sacadas!

  5. Parabéns pelo post Ninalee!
    Mort Rainey sempre foi um dos meus personagens preferidos e nunca me liguei nessa parte do espelho.
    Agora o nome do filme faz muito mais sentido para mim!
    Adorei saber um pouco mais sobre ele e comprovar (mais uma vez) a genialidade do Johnny!

  6. eu tenho o dvd,é mt legal eu amo mt mt mt o johnny<3

  7. Meu filme favorito, lembro da primeira vez qe assisti tinha uns 11 anos aluguei de noite e meu pai não deixou assistir porqe tava vendo futebol :x Foi o dia mais demorado na escola, cheguei em casa e nem fechei o portão de taão ansiosa pra ver o filme :razz: lembro qe voei na tv quando descobri que o mort era o shooter KKKK ‘
    Ameeei esse post, com certeza um dos meus favoritos agora ! sem falar do dicionario do Mort que eu vou começar a usar agora kkkk’
    Bjos ;-)

  8. Nossa esse filme foi um dos que mais me marcou dos do Johnny.
    Eu amo filmes de suspense e quando eu vi que era ele o ator! Nossa ai que eu gostei mesmo rsrsrs! :mrgreen:
    Apesar do Mort ser malvado eu aaaamo ele,e um dos meus personagens favoritos do Depp ^^
    Nina ameeei seu post! Muitos detalhes do filme que eu não tinha pegado ainda rsrss
    Bjs minhas lindas!!
    Parabens!! ;-)

  9. lu.moraes, a minha história é exatamente a tua!!! na mesma sequência!!!
    Como já contei uma vez no site, morava em um lugar parecido e outros detalhes que são irrelevantes quando penso que não era o Johnny que vestia um Robe de chambre quase igual…hahaha
    E quando voltei a olhar o capitão!!! :sad: quanto tempo perdido…
    Este filme é ótimo e podemos ver Johnny em uma das suas melhores performances e em close quase todo o tempo.
    Quer mais?
    SSSIIIIMMM ! Muito mais. A gente que o diga!!!

  10. Nina, sem dúvida é o psicopata mais charmoso e mais amado do cinema! Johnny simplesmente espetacular.
    Grande atuação! Para nós, fãns, um deleite, pois ele é unipresente em quase todas as cenas, mas para ele, um difícil exercício, um trabalho imenso! Acho que nunca nos cansaremos de assistir, sempre com renovada surpresa, e adoração!
    Recentemente, uma pessoinha muito linda me contou que o final do livro era diferente do filme, e movi céus e terras para conseguir o livro(esgotado). É diferente mesmo, e gostaria de saber se foi mudado por sugestão de Johnny, do David Koepp, ou do próprio Stephen King. Parabéns pelo post, esclarecedor e completo!

  11. Obrigada a todas. A maioria das informacoes deste post foi tirada do proprio filme,conclusoes minhas mesmo :mrgreen: , exceto as info tecnicas como sobre as cores do guarda roupa ou o lance do cachorro.
    Rosa, como o filme eh uma adaptacao do livro, creio que a mudanca tenha sido feita por David Koepp, ja que foi ele quem escreveu o roteiro.

  12. Nina, super legal este post! Não sabia muitos destes detalhes. E já ví este filme umas 4 vezes.
    Deu vontade ver de novo e ter aqui em casa. Vale a pena!
    O Johnny tá lindo e super presente. Mas aquela última cena dele de chapéu, encostado na parede, com um olhar mortal!!!!! Meu Deus!!! É morrente! Super liiiiiiiiindo!!!!

  13. Nina, obrigada pelo post!
    Nossa, têm informações que não sabia a respeito do filme…
    Fiquei com vontade de assistir de novo!!!

  14. Pelo amor, que análise mais perfeita do filme! Eu, como completa viciada neste filme, adorei saber de algumas considerações que eu ainda não tinha notado. Muuuuito legal esse post, adoreeeei!
    Está de parabéns Nina!!!

  15. esse filme é muito massa
    valeu pelo post Nina,bem detalhado :mrgreen:
    o olhar psicopata do Mort é de matar qualquer uma :twisted:

  16. filme per-fei-to!!! e post tbm… hahaha. e se alguem quiser, janela secreta vai passar na warner na sexta às 22. nao vi la na programacão de janeiro, mas ta valendo =)

  17. Ninaa..post maravilhoso..muito esclarecedor! eu amooo esse filme..Mort é tão cativantee porque será?? :twisted: me bateu até saudades dele..vou assistir hoje!! Johnny Depp é um ator perfeitoo ;-)

  18. Depois desse post fiquei pensando: “Eu preciso assistir novamente!” Você falou umas coisas que eu nem lembro bem… Mas lembro que eu amei esse filme desde a primeira vez que assisti de madrugada, na Globo. Lembro que eu nem era tão fã do Johnny, mas no dia seguinte eu fui pesquisar mais sobre o filme. Tinha até uma frase muito maneira “Eu tenho certeza que com o tempo, cada pedaço dela terá desaparecido e sua morte será um mistério…até para mim.” que eu guardei comigo um tempão.
    Agora pensando nos filmes do Johnny, devo dizer que esse talvez seja o personagem que eu mais gostei. Aliás, este é um dos meus filmes preferidos (entre todos, não apenas do Depp) e merece ser visto, ser avaliado. Além disso, eu sou mega fã do Stephen King, só algum tempo depois descobri que era baseado num conto dele e entendi pq aquela estória era tão boa!
    Olha essa crítica, li agora, ótima também: http://omelete.uol.com.br/cinema/a-janela-secreta/
    Parabéns ao blog, vocês são realmente muito bons.

  19. Antes de mais nada, parabéns pelo post Nina! Muito bem escrito! Eu lembro da primeira vez que assisti. Eu fiquei perplexa, e assisti de novo. Quando fui ver eu já tinha assistido 3 vezes no mesmo dia. É como você falou, têm detalhes que a gente só nota com o tempo. O filme também é incrível, o roteiro então!

  20. eu tenho esse filme e não canso de assistir :mrgreen:

  21. adoro o final desse filme eu até tinha decorado mas esqueci e mesmo se lembrasse não vou contar né ? ;-)

  22. Este filme é simplesmente ótimo.E com o Johnny nem tem como não ser né.. *-*

  23. Amo Mort. Tão bom assistir um filme que tem o Johnny em praticamente o filme todo. :lol:

  24. Tem que prestar atenção mesmo, só assisti uma vez, pq vi o post e tal mas acabei não lendo pq tinha spoiler e eu ia assistir o filme. Só consegui ver hoje. A única coisa que você não disse foi do cigarro né? Do Malboro e do outro que eu não me lembro, tanto o Mort quanto o John fumam o mesmo. Achei fantástico o John Shooter, não tinha reparado, só no final que mostrou a separação do nome e deu pra ver que é shoot her, enfim, adorei. Parabéns pelo post (:

  25. ALOOOOU! Bem, eu amo esse filme demais e considero como um dos melhores do Johnny. Assisto ele sempre, praticamente todo dia kkk. E em uma dessas eu vim procurar no google algumas curiosidades do filme, coisas que percebi e queria saber o que significa em tal história. Acabei parando aqui e achei sua reflexão do filme ótima. Porém… Hn… Tem coisas que eu queria perguntar se você percebeu e consegue explicar, por exemplo, na hora em que a Amy chega na casa do Mort e sobe as escadas, uma das ultimas cenas, remexendo as coisas da mesa dele e pega o manuscrito do Shooter, tem uma boneca loira igualzinha a Amy do lado da mesa, pensei “Uow, além de tudo é macumbeiro” HIUASHUDSHA -nn. Sempre quis saber o significado daquela boneca meio descabelada e também, no final das letrinhas, ele canta uma música que é “O filhinho da mamãe adora bolo, bolo. O filhinho da mamãe adora bolo, bolo solado”. Queria saber se isso tem alguma ligação com o filme em si ou se foi só uma das inspirações do diretor, como na parte do espelho que várias frases vem á mente dele. Uma delas é de um conto chamado “O bebê de Rosemary” que realmente é sinistro! rs. Enfim, se alguém conseguir achar respostas para isso por favor me falem, não tenho controle sobre a curiosidade ;; kk. baibai.

  26. A minha vida parece a do Mort..kkkk..I Love You Johnny.

  27. Incrível, vi esse filme várias vezes e só lendo esse post que entendi todas as “mensagens subliminares” do filme.

  28. bem detalhista o post e as conclusões estão de acordo com o filme, muito bom mesmo! Parabéns, Adriana!

  29. um dos meus filmes favoritos do Johnny e em geral tbm. acho fascinante!!! amo demais! é muito legal os detalhes que significam coisas imensas.

  30. OMG!!!! A melhor explicação desse filme!! Já assisti 4 vezes e nada…agora me deu vontade de assistí-lo novamente, lógico que ao lado de um Doritos.
    Parabéns e obrigada! Amei!!!

Leave a Reply

 caracteres disponíveis