Leslie Odom Jr. fala sobre excentricidade de Johnny

A estrela da Broadway, Leslie Odom Jr., falou com o apresentador Andy Cohen sobre a personalidade excêntrica de sua co-estrela Johnny Depp e que coisa estranha ele disse no set de “Assassinato no Expresso do Oriente”.

Leslie, qual foi o momento mais mágico que você teve com Johnny Depp no set de Orient Express?

– O momento mais mágico que eu tive com o Johnny Depp no set? hum.. haha.. ele tem um senso de humor estranho.. quer dizer.. um senso de humor incrível. O Johnny, tipo o Johnny… porque ele passa… A maioria de nós temos a nossa vida normal e uma pequena parte dela em um set de filme, se você faz 4 ou 5 filmes por ano, você passa muito mais tempo em um set de filmagem do que tendo uma vida ‘normal’ então ele, pra ele não existe hierarquia, ele fala com qualquer um porque é tipo a casa dele. Então uma vez ele e o Josh entraram numa briga pra ver quem era mais próximo a Judi, quem é o queridinho da Judi?
Então o Josh falou ‘eu levaria a Judi mundo a fora e lhe mostraria coisas mágicas, o que você faria por ela?’ e o Johnny diz “eu a levaria para a prisão”
– Apresentador: pra prisão?
– Leslie: e nós não sabíamos o que isso queria dizer.
– Apresentadora: nossa, isso soa muito estranho Leslie, bem estranho!

Johnny sempre enigmático!

Tradução: Amanda Ciliberto para Depp Lovers.

Atuando com Johnny – Judi Dench

São muitas as atrizes que atuaram com Johnny ao longo de sua bela carreira. Entre tantas atrizes lindas e talentosas, há um lugar de destaque para a veterana atriz inglesa Judi Dench. A atriz vencedora do Oscar, premiadíssima e admirada em todo o mundo, contracenou com Johnny em três filmes: Chocolate, Piratas do Caribe:Navegando em Águas Misteriosas e Assassinato no Expresso do Oriente, que estreia em 10 de Novembro próximo.

Johnny, Judi e Juliette Binoche em cena de Chocolate – 2.000

A cena em que ela contracena com o Capitão Jack Sparrow é icônica, e foi imortalizada em vídeo:

Em várias ocasiões, Judi manifestou sua admiração por Johnny, como recentemente no programa da Ellen DeGeneres, quando declarou que Johnny foi a co-estrela mais sexy com que já atuou. Agora, aos 83 anos, com dois novos filmes prestes a estrear, “Victoria e Abdul” e “Assassinato no Expresso do Oriente”, Judi concedeu uma bela entrevista onde fala sobre sua vida, sua carreira, projetos, e novamente sobre Johnny. A entrevista foi publicada pelo O Globo, em 29 de Outubro de 2017.

Aos 83 anos, Judi Dench fala sobre novos filmes e ‘queda’ por Johnny Depp: ‘meu coração ainda dispara’

No final dos anos 1950, uma epidemia de gripe asiática se abateu sobre Londres, derrubando vários integrantes de uma montagem de “Hamlet”, em cartaz no Old Vic. Entre as vítimas estava a então jovem atriz Judi Dench, que, mesmo com o corpo debilitado por dores e febre intensa, subia todas as noites ao palco do tradicional teatro para encarnar os dilemas de Ofélia, a nobre suicida da tragédia escrita por Shakespeare no século XVI

— Certa noite, me senti tão mal, que chorei em cena. Ao sair do palco, o (ator) John Neville, que fazia o Hamlet, me puxou e disse: “Se não consegue fazer seu trabalho, não o faça. Eles não vieram aqui para te ver chorando num momento em que isso não é requisitado.” John falava de energia mal canalizada. Nunca esqueci aquelas palavras — recorda a atriz, de 82 anos, durante o Festival de Veneza, onde promoveu “Victoria e Abdul — O confidente da rainha”, que estreia no Brasil no próximo dia 9.

Read More