Música para ninar Johnny Depp

Johnny Depp ganhou em seu aniversário de 49 anos em 2012, um presente muito especial. A música “Nine”, de autoria de Patti Smith, a famosa poetisa, cantora e musicista norte-americana.

Com toda sensibilidade de poeta e amiga, Patti captou a essência de Johnny. Um bebê que nasce numa noite de nove diamantes, saudado por um aceno de chapéu de nove marinheiros de olhos azuis, tímido, lindo, tendo a sombra como irmão, a travessura como lua, as mangas com diamantes, como um arlequim. A natureza quase hipnótica da canção nos remete a uma canção de ninar. Uma canção para ninar Johnny Depp.

Patti é amiga de Johnny há muitos anos, e tem estado presente em vários momentos de sua vida , seja nas locações de filmagens de Johnny, como em The Rum Diary, Piratas do Caribe 4, O Turista, Dark Shadows e no documentário Happy (que Johnny está dirigindo, sobre Keith Richards), seja tocando juntos, como no comício WM3, ou nos concertos de Patti.

Em 05 de Junho de 2012, Patti lançou seu décimo primeiro álbum de estúdio, “Banga”.
Johnny participa da abertura da música de mesmo nome do álbum, “Banga”, tocando guitarra, baixo e bateria. Em entrevistas, Patti fala sobre essas duas músicas, Banga e Nine, e sobre Johnny ser um incrível músico:

“Bem, Johnny Depp realmente me ajudou a trabalhar nisso”, diz Smith, sem intenção de causar um impacto, mas como se estivesse mencionando um verdadeiro velho amigo. Smith conhece Depp há alguns anos, tendo o conhecido nos bastidores quando ela se apresentou em Los Angeles. Eles são íntimos o suficiente para ela tê-lo entrevistado para um profundo perfil biográfico na Vanity Fair em 2010. Depp, por sua vez, escreveu uma dedicatória para Just Kids: ”Patti Smith nos agraciou com uma obra-prima poética, um raro e privilegiado convite para destrancar um tesouro nunca antes rompido.”

O ator, ela insiste, “é realmente um incrível músico”, bom o suficiente para ser capaz de entender o que Smith pretendia. “Assim, a abertura de “Banga” tem apenas Johnny na guitarra, Johnny na bateria, Johnny no baixo – e meu vocal”.

Read More

Patti


Eles se encontraram nos bastidores do Orpheum Theater em Los Angeles pela primeira vez e foi conexão instantânea. A partir deste momento, John Wilmot, Baudelaire, Hunter S. Thompson, Rolling Stones, Dylan, Burroughs, Ginsberg, Rimbaud tornaram-se um só. Nascia uma amizade estreita e íntima entre Johnny Depp e Patti Smith.

Estes dois artistas vieram ao mundo para mostrar que a verdadeira arte está na arte de ser verdadeiro, de ser fiel aos seus princípios e que seguir o caminho do coração nem sempre é o mais fácil, mas é sempre o melhor. Read More