Lendo com Johnny!

 Lembram quando falei no primeiro post, aqui na apresentação para não se espantarem se falarmos na sola do sapato do Frank (The Tourist)?

Então, ainda não falarei sobre isso, vou deixar para a Ninalee, hahah, mas retomei esse assunto para lembrar-lhes do nosso espirito de investigação. Somos afiadas no que se refere a Johnny. Pobre Johnny! Não foi à toa que lhe pedi tantas desculpas por invadí-lo tanto no post anterior. ( Só para fãs)

Aqui está Johnny em Paris em fevereiro/ 2009.

O que me chamou a atenção naquele dia foi a bolsa, e aquela beiradinha de um livro que aparecia no bolso do casaco.

Ah, a bolsa, que coisa linda. Couro, com detalhes em metal do Cap. Jack Sparrow! Minha paixão! Vejam:

E…no bolso o livro. Pensei: Quem pudesse saber o que ele lê! Já pensou que tudo, ele lendo um livro no outro lado do mundo e eu aqui lendo o mesmo livro ao mesmo tempo?(Coisa de fã, não reparem)

Ah que livro será esse? Pois no dia seguinte, as meninas do site JDZ ampliaram a foto, investigaram e apareceram com o nome do livro: Le Rouge et le Noir. Imagine, livro francês, como vou encontrar aqui, pensei. Joguei no Google e para felicidade veio “O Vermelho e o Negro” de Stendhal. Tinha pra vender na net.

Coloquei meu achado no fórum e foi aquela festa. A meninada saiu á caça. Uma achou no sebo, outra na biblioteca da faculdade, nas livrarias…Não sei quantas leram, mas eu e a Karina lemos. Junto com ele, heheh.

Para nossa surpresa, um dos maiores romances de todos tempos da Literatura Universal. Claro, esperavam o quê? Johnny vai ler qualquer coisa?

Stendhal diz que nesse livro teve a ousadia pela primeira vez de falar sobre os sentimentos dos franceses e também “O único livro que tem duas heroinas, Senhora de Rênal e Mathilde.”

Mais do que um romance, é uma crítica à sociedade de seu tempo, um estudo psicológico da ambição, uma análise sobre os motivos secretos dos atos das pessoas.

O personagem principal, Julien Sorel, fiho de camponeses e hábil na leitura com facilidade de decorar textos, e latim, foi para o Seminário (única oportunidade que os pobres tinham para infiltrar-se na sociedade) Depois passou a preceptor dos filhos de um “administrador”da cidade. Com astúcia e facilidade em driblar as dificuldades para alcançar seus objetivos, ele galga a sociedade com facilidade, mas paixona-se pela jovem mulher do patrão, e num segundo momento por outra dama da sociedade. Teve que arcar com as consequências.

Com essa obra, publicada em 1830, o autor Henri Beyle, mais conhecido como Stendhal, marca o início do Realismo na literatura francesa, deixando de lado toda a tradição romântica.

Com uma linguagem rebuscada, formal, próprio da época, torna-se uma leitura dificil para quem está acostumado com os romances comerciais da atualidade. Olha, eu que gosto de um bom livro, demorei para acabar esse! Vários parágrafos tive que ler e reler algumas vezes para entender, tirar a essência.

Mas apaixonante. Inesquecível.

O jovem Sorel é um personagem perfeito para o Johnny. Que sonho vê-lo na pele dele.

Depois disso, passamos a nos interessar pelo que Johnny lê. Estamos de olho. Identificamos um Bolaño em sua mão numa folga entre as gravações de POTC4 no Hawai, e o de Daniel Depp, seu irmão.

Em breve, postaremos sobre uma lista que Johnny colocou como “essencial”, onde ele apresenta uma série de livros e músicas preferidas.

Pensam o que? Que fã de Johnny só vive babando pela sua beleza? Não. Ele nos remete à musica, à literatura, ao cinema, à cultura em suas diversas formas.

Cada uma escolhe o que mais lhe agrada.

Sei de tantas meninas que passaram a fazer curso de música, tocar algum instrumento, interessar-se por literatura, aprender línguas, artes cênicas e etc, depois que conheceram Johnny.

É isto! Se tiveram paciência pra ler isto, agradeço. Se quizerem ler este livro, fico muito feliz. Boa leitura!

Editando———-

Existem pelo menos 4 versões de filmes baseados nesse livro. Ainda não ví nenhum, mas isso não demora.

1-  Nome : O vermelho e o Negro Diretor: Ben Bolt Elenco: Ewan McGregor, Rachel Weisz, Alice Krige, Stratford Johns, T.P. McKenna, Christopher Fulford Ano: 1993 País: Inglaterra Gênero: Drama Cor: Colorido Distribuidora: Não definida

——————————————

2- Titulo Original : O vermelho e o Negro  Ano : 1983   País : EUA  Gênero : Drama, Guerra, Histórico   Realizador : Jerry London   Atores : Gregory Peck, Christopher Plummer,John Gielgud, Raf Vallone   Classificação : M/12   Duração : 136 min. aprox

——————————————

3 – E tem mais um francês com GERARD DEPARDIEU que ainda não encontrei a ficha técnica.

——————————————

4 –  O Vermelho e o Negro

Scarlet and Black (1954) 
Direção : Claude Autant- Lara   Ano : 1954  País : França, Itália  Gênero : Drama   Duração : 113 min  Titulo Original : Le Rouge et Le Noir   Titulo em inglês : Scarlet and Black  Elenco : Gérard Philipe, Danielle Darrieux,Antonella Lualdi, Jean Mercure, Jean Martinelli, Antoine Balpetre, Anna- Maria SAndri, Andre Brunot, Mirko Ellis, Suzanne Nivette.

11 thoughts on “Lendo com Johnny!

  1. Thami disse:

    HSUHSHSUHS Essas meninas tem que trabalhar no FBI…Eu nem tinha visto um livro no bolso dele

  2. ro disse:

    Parabéns, Sá!
    Tenho acompanhado o Blog.
    Estão de parabéns todas vocês.
    Conseguem exprimir em cada postagem o que nós, verdadeiras fãs, sentimos.
    Apresentam Johnny (a quem não conhece) como ele realmente é.

  3. Ninalee disse:

    Maravilha Sa! Johnny em Paris lendo um livro que critica a sociedade parisiense de um modo peculiar.Esse Johnny é incomparável! Parece que faz de propósito. Voce disse muito bem,nós admiramos Johnny pela sua essencia e com ele aprendemos e ampliamos nossos horizontes. É claro que, neste caso, beleza também conta, né ? 🙂 Vem de brinde para completar o pacote !

  4. Jeeh disse:

    Sou uma das que passou a ir atrás de várias coisas por causa do Johnny.
    Muito bom seu post Sa. É como eu disse uma vez, por ser de difícil entendimento eu não tenho paciência. Mas quem sabe um dia eu o encontre e consiga ler numa boa. 😉

  5. Ca_Depp disse:

    Olá,

    É engraçado como as Deppfãs vão atrás mesmo de tudo … rs

    Em relação ao estilo do Johnny .. bem é único … é o cara mais cool que conheço !!

    =D

  6. Salete disse:

    Obrigada, gente! Seus comentários nos estimulam a continuar este trabalho e faz com que nossa responsabilidade aumente, procurando melhorar sempre.

    Faltou descobrir o que ele carregava dentro da bolsa, heheh, segurando assim tão firme com a mão.
    Que curiosidade!

  7. Luciana disse:

    Eu fiquei sabendo que descobriram qual era o livro, mas não fazia ideia dos detalhes. Sera que ele tb sonha em interpretar esse personagem? Quem sabe né?
    E é o que digo..Johnny Depp é cultura, seus fãs tb e claro, o DL tem q entrar nessa!

    Valeu Salete 🙂

  8. Carina disse:

    Ual, deu vontade de ler esse livro, porque ele leu e porque me pareceu super interessante. Vou procurá-lo por aqui 😀
    E é verdade, muitas pessoas passaram a fazer algumas coisas depois que conheceram o Johnny, eu por exemplo me apaixonei ainda mais pela música *-*
    Nós fãs só temos a agradecer vocês por nos mostrar cada passo que ele dá, é uma invasão mesmo, mas isso nos tãão beem .. ><

  9. Lu.Moraes disse:

    Gente eu tambem li,tambem demorei com aquele ler e reler adorei,so de pensar que o johnny estava lendo era muito gratificante,cada pagina eu pensava:o que ele achou dessa parte?foi uma loucura demorou muito para terminar de ler,foi magico como se eu esteve discutindo o livro com ele.

  10. dani disse:

    uiuiu q massa, adoro ler livros de linguagem de época por favor continuem pesquisando sobre o q ele gosta de ler brigadinhuuuu

  11. kelly Kris disse:

    Poxaa realmente vcs conseguem tudoo mesmoo..adoro muito depplovres. to pesquisando agora Sa e vou comprar tbm bjs!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

«
»