Amigos  ·  Música  ·  Patti Smith

Música para ninar Johnny Depp

Johnny Depp ganhou em seu aniversário de 49 anos em 2012, um presente muito especial. A música “Nine”, de autoria de Patti Smith, a famosa poetisa, cantora e musicista norte-americana.

Com toda sensibilidade de poeta e amiga, Patti captou a essência de Johnny. Um bebê que nasce numa noite de nove diamantes, saudado por um aceno de chapéu de nove marinheiros de olhos azuis, tímido, lindo, tendo a sombra como irmão, a travessura como lua, as mangas com diamantes, como um arlequim. A natureza quase hipnótica da canção nos remete a uma canção de ninar. Uma canção para ninar Johnny Depp.

Patti é amiga de Johnny há muitos anos, e tem estado presente em vários momentos de sua vida , seja nas locações de filmagens de Johnny, como em The Rum Diary, Piratas do Caribe 4, O Turista, Dark Shadows e no documentário Happy (que Johnny está dirigindo, sobre Keith Richards), seja tocando juntos, como no comício WM3, ou nos concertos de Patti.

Em 05 de Junho de 2012, Patti lançou seu décimo primeiro álbum de estúdio, “Banga”.
Johnny participa da abertura da música de mesmo nome do álbum, “Banga”, tocando guitarra, baixo e bateria. Em entrevistas, Patti fala sobre essas duas músicas, Banga e Nine, e sobre Johnny ser um incrível músico:

“Bem, Johnny Depp realmente me ajudou a trabalhar nisso”, diz Smith, sem intenção de causar um impacto, mas como se estivesse mencionando um verdadeiro velho amigo. Smith conhece Depp há alguns anos, tendo o conhecido nos bastidores quando ela se apresentou em Los Angeles. Eles são íntimos o suficiente para ela tê-lo entrevistado para um profundo perfil biográfico na Vanity Fair em 2010. Depp, por sua vez, escreveu uma dedicatória para Just Kids: ”Patti Smith nos agraciou com uma obra-prima poética, um raro e privilegiado convite para destrancar um tesouro nunca antes rompido.”

O ator, ela insiste, “é realmente um incrível músico”, bom o suficiente para ser capaz de entender o que Smith pretendia. “Assim, a abertura de “Banga” tem apenas Johnny na guitarra, Johnny na bateria, Johnny no baixo – e meu vocal”.


Em contrapartida, quando ela o visitou em Porto Rico, enquanto ele estava filmando “Diário de um Jornalista Bêbado” (“The Rum Diary”), Smith escreveu para o ator uma música também. “Nine”, que também aparece em “Banga”, é um presente de aniversário. Uma apreciadora de numerologia, Smith se inspirou, em parte, no fato de que o aniversário de Depp – 09 de junho – caiu durante a sua visita. A canção menciona o dia e a data do seu nascimento (um domingo) e o hospital (The Sister of Mercy).

Meu filho é um guitarrista muito enérgico (e ele toca) em “Banga”. Também Johnny Depp. Na verdade, a abertura de “Banga”, é toda Johnny Depp. Ele é um amigo meu e ele estava filmando “Diário de um Jornalista Bêbado” (“The Rum Diary”) (quando) eu tive a ideia para (a música) na minha cabeça. Eu disse Johnny, “Eu não quero esquecer isso.” Então, ele gravou enquanto eu cantava – como o primeiro minuto, eu só canto “a capella”. Em seguida, Johnny disse que iria enviá-la para mim e assim eu não iria esquecer a música. Então, eu esperei e esperei e ele não a enviou! Eu disse: “Johnny, onde está a “Banga”?” Ele disse: “Oh, você vai tê-la”. E (quando) eu a recebi, ele tinha colocado bateria, guitarra, tudo (nela)!Assim, o primeiro minuto da música é somente eu e Johnny Depp.

“Esta é uma foto que eu bati do meu amigo Johnny Depp. Ele estava gravando The Rum Diary na época. Seu aniversário estava chegando e eu não tinha um presente, então pensei em escrever uma música para ele. Tinha um violão em seu trailer, então o roubei/peguei por um tempo e compus para ele a música Nine.”

Johnny-nine

Nine-lyrics

Tradução de “NINE”
Na noite de nove diamantes
Uma mulher deita e chora
Diante da irmã da misericórdia
em um dia de adoração.

Na noite de nove diamantes
Quando os festejantes começam
a se arrepiar quando ela se chateia
perante o esplendor de um bebe.

Guerreiro em constante movimento
Sob efeito de bebidas caseiras perfeitas
A sombra como seu irmão
E a travessura como sua lua.

Convoca todos com seus movimentos de cigano
Ansiando como um cavalo novo
Tímido e lindo.

Cada quadro que ele desenhava
Tinha uma face diferente
Prolongada e perdida
Fantasmas sagrados “não sagrados”.

Minha tendência era me transformar em todos eles
Falou confiante
Causando um tipo de estranheza
Que se movimentava na solidão.

Ele desejava não para si
O império que logo encontraria
Um viva ao útero dourado
Que penetrou sua mente.

Iremos morrer aos poucos,
O trapaceiro começou a assobiar
Nove marinheiros de olhos azuis
O saudaram com um aceno de chapéu.

Enquanto ele caminha sobre eles
Mais vagabundo do que rei
Com diamantes em suas mangas
Como se fosse um arlequim.

(Tradução da DeppLover Jay)

 

 

 

 

7 thoughts on “Música para ninar Johnny Depp

  1. Luzmarilda disse:

    Essa música é uma joia rara…Pura poesia.
    Rosa Maria,obrigada

  2. Salete disse:

    O aniversário estava chegando e ela não tinha presente. E então ela compôs esta música. Que presente mais lindo!
    Lindo post Rosa Maria! Bem vinda ao nosso querido BlogDeppLovers! 😀

  3. Adriana disse:

    Bem vinda, Rosa! Patti faz da sua sua musica poesia ou vice versa…. Captou a essencia de Johnny em Nine.

  4. Lia disse:

    Adorei Rosa..linda forma de começar…parabéns e que venham muitos outros posts maravilhosos

  5. CamilaD disse:

    Muito bom Rosa! É ótimo tê-la no Blog, bem-vinda. 😛
    Patti fez um presente muito bonito e especial para o Johnny, fez algo com talento e amor, belo demais! Admiro presentes com essas caraterísticas!

  6. Liu disse:

    Rosa, parabéns pelo post! Linda homenagem ao amigo!
    Lindo trabalho, Rosa!

  7. Paloma G disse:

    Linda música! Um belo presente! Parabéns pelo post Rosa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

«
»